Com a alta do dólar e hotel sendo um dos maiores custos de uma viagem, muitos viajantes passam a abrir mão de luxo, preferindo opções com valores mais acessíveis.

E pagar um valor acessível não significa que as opções sejam ruins, pelo contrário. Com a alta competitividade e com a crise em muitos outros países, os hotéis acabam ajustando seus valores a realidade. Na hora de buscar um hotel, certifique-se apenas de que esteja próximo a uma estação do metrô e dê preferência a Manhattan. Até mesmo locais um pouco mais afastados de Midtown como o Upper West Side e Upper East Side tem excelentes opções. 

Lembre que o metrô é extenso e super prático, então, não é necessário ficar nas regiões de maior procura em Midtown, como a Times Square. Alguns outros bairros do Queens e Brooklyn também são uma boa pedida, como Long Island City no Queens, que fica a apenas uma estação de Manhattan Midtown ou ainda o Brooklyn Heights no Brooklyn, que apesar de um pouco mais afastado, ainda está próximo a inúmeros dos pontos turísticos mais famosos de NYC, mas tenha certeza de estar próximo a uma estação do metrô. Se você não conhece como o sistema de metrô funciona, veja aqui como andar de metrô em Nova York.

Dica: em muitos hotéis você pode pedir se há alguma vantagem sem custo para você, como um upgrade de quarto, um early/late check-in/out ou até café da manhã. Mas lembre-se que é uma barganha, não há regras e pode ser diferente para todos, dependendo da disponibilidade de quartos e da temporada de sua estadia.

veja abaixo 10 hotéis em Manhattan com bom custo benefício e abaixo de $170 a diária.

(os valores abaixo referem-se a 1 dia de hospedagem em um quarto para duas pessoas, por um período de 7 noites na semana do Natal de 2017, a pesquisa foi feita em 3/7/2017 no site Hotels.com).

Hotel Pennsylvania, $125. Na região de Herald Square, muitos amam e muitos odeiam. Um hotel de tradição na cidade, muito bem localizado, em frente ao Madison Square Garden e ao lado da Macy's Herald Square, do Empire State Building e também próximo a outras incontáveis lojas, como GAP, Uniqlo, Manhattan Mall, Victoria' Secret, B&H, Sephora, H&M, Swarovski, Foot Locker, Garret Popcorn, Party City, DSW e a lista é incontável. O chão do hotel é de carpete, é comum encontrar filas no elevador & recepção e não tem geladeira na maioria dos quartos, mas num geral, faz jus ao preço.


Belnord Residence, $131. No Upper West Side, bem próximo ao metrô e a poucas quadras do Central Park, do Museu de História Natural e do Children's Museum, um hotel mais simples e com quartos pequenos. A internet é gratuita em todo o hotel. Tem vários restaurantes e lojas próximo ao local.


photo from The Pod facebook

Pod 51, $148. Bem próximo ao metrô e em meio a inúmeros bares, restaurantes e pubs de midtown, é possível ir andando até o Rockefeller CenterONU e Grand Central Terminal. O hotel tem um conceito de albergue e os quartos são minúsculos, mas há opções de quartos privados com banheiro. Neste valor, a opção é de quarto privado com banheiro compartilhado. A decoração é bem nova e moderna, o wi-fi é gratuito e tem um rooftop bonito.


Club Quarters Hotel, Wall Street, $149. Também no coração financeiro da cidade (mais que o Doubletree, na verdade), com metrô próximo e a poucas quadras do lindinho South Street Seaport, os quartos são um pouco mais espaçosos, tem wi-fi gratuito e pode ter microondas & frigobar (basta solicitar).


arlo.jpg

Arlo SoHo, $156. Tão charmoso quanto a região em que está, um hotel-boutique de quartos minúsculos e projetados com perfeição. Com frigobar, wi-fi e até bikes gratuitas, fica no SoHo, onde não faltam opções para compras de todos os estilos, galerias, restaurantes e pontos turísticos, como o High Line e o Chelsea Market. Reservando pelo site do hotel você ainda ganha café da manhã.


DoubleTree by Hilton, Chelsea, $157. Entre o Herald Square e o Madison Square, tem excelentes opções de compras aos arredores e fica bem próximo ao metrô. 


Row NYC Hotel, $161. Localizado na Times Square, o coração da cidade, mas não em meio a rua mais movimentada. Próximo a vários outros pontos turísticos como Rockefeller Center, Bryant Park, a poucas quadras no Central Park e quase ao lado do Port Authority (e pertinho Shake Shack - Official Page e Cake Boss!)


Wellington Hotel NYC, $161. Bem próximo ao Central Park, do Columbus Circle e da Times Square, com 7 linhas de metrô bem próximo. Um hotel charmoso e de bom custo-benefício, fica perto também de uma TJMaxx e vários restaurantes.


DoubleTree by Hilton - Financial District, $167. localizado no centro financeiro da cidade e a passos do Battery Park (onde pode-se ver a Estátua da Liberdade), Charging Bull, Federal Hall, NYSE, e a poucas quadras do National September 11 Memorial & Museum (e da Century 21 e TJMaxx). Com internet gratuita e próximo a inúmeras estações de metrô, o hotel é bonito e famoso por um bom atendimento.


Sheraton Tribeca New York Hotel, $167. Próximo a duas estações de metrô excelentes, uma que vai pelo lado Leste e outra pelo Oeste, este hotel fica próximo a Chinatown, um local menos turístico para ficar. Mas também beira regiões mais charmosas como o SoHo e o Civic Center.


OUTRAS OPÇÕES POUCO A CIMA DE $170:

Holiday Inn Manhattan - Financial District, $184. Alguns quartos tem vista espetacular para Manhattan Downtown. Wifi e ligações locais são gratuitas. Tem um restaurante super bem cotado, o St. George's (onde crianças comem de graça) e localizado no coração financeiro da cidade, fica próximo a estações de metrô e a poucas quadras do lindo North Cove Yatch Harbor e do mini shopping Brookfield Place New York. O quarto pode ser um pouco pequeno, mas o restante equilibra a experiência.

The Gregory, $189. A uma quadra da Macy's e do Empire State e pertinho do metrô. Um hotel bonito e bem cuidado, com frigobar, wifi e ligações locais inclusas. A uma quadra também da região Korea Town, com boas opções para café da manhã e almoço, como Paris BaguetteTous Les Jours USA e Xi'an Famous Foods.


Sua primeira viagem aos EUA? Veja mais dicas de como escolher um hotel e também vários outros itens importantes a se considerar, como passaporte, visto, seguro saúde, roteiro de viagem etc.